Beijo grego não é coisa de gay

10/04/2017

Pra começo de conversa, beijo grego é coisa de quem tá afim de fazer. Sério que você vai continuar negando esse prazer por medo de ser taxado como homossexual? Sério que você vai negar por medo de ser julgada?

Ora! Se a boca tem tanto poder no sexo oral, ela também tem em outros lugares. O beijo grego nada mais é que o ato de lamber, beijar, estimular o ânus com a boca.

POR QUE VOCÊ DEVE DEIXAR ESSE TABU DE LADO?

Muitos homens héteros não são receptivos ao toque no ânus, por puro medo e preconceito. A verdade é que é muito normal o homem sentir prazer na região anal. Isso acontece porque a glândula da próstata fica muito perto do ânus, com muitas terminações nervosas. O medo disso é bem parecido com o que ocorre no exame preventivo do câncer de próstata. Essa excitação não tem nada a ver com orientação sexual, pode aproveitar sem receios.

PODE FAZER, MAS A HIGIENE É OBRIGATÓRIA

Não é simplesmente ir lá e começar. Sexo precisa de segurança e com o beijo grego não é diferente. O ideal é fazer a limpeza da área lavando com água ou ao menos usando um lenço umedecido, para diminuir a quantidade de bactérias. Raspar os pelos também ajuda muito!

EXPERIMENTA, VAI

E mais uma vez, para que não restem dúvidas: beijo grego é coisa de “homem” sim! Hétero ou gay, não importa. O homem sente muito prazer na região anal por questões fisiológicas. Não tem nada a ver com sentir atração por homem ou mulher.

VAI FAZER EM ALGUÉM?

Se você pretende inserir essa prática na relação, seja para fazer em um homem ou em uma mulher (que também sente prazer na área, apesar de não ser na mesma intensidade dos homens), vale usar as dicas abaixo:

  1. Vá com calma. Afinal, chegar logo de cara pode assustar a outra pessoa. Mostre intenção, acaricie o bumbum, veja como a pessoa reage e se preciso, toque no assunto.
  2. Não tem uma posição específica, desde que os dois estejam confortáveis. A área deve estar o mais acessível possível.
  3. Comece com a língua bem relaxada e quando a pessoa estiver bem excitada, você pode endurecer a língua e penetrar com ela.
  4. A regra da empatia cabe muito bem aqui. Pense em como gostaria que te tocassem.

 

E aí, tabu quebrado? Quebre um também, enviando seu texto para contos@palaciomotel.com.br. Seu texto pode aparecer aqui no blog. 😉

34 3219 5000